jun

04

Bodybuilding a Life Style

O fisiculturismo é muito mais do que levantar pesos. É um esporte que visa desenvolver tamanho muscular com definição, proporção,simetria estética e harmonia. É um estilo de vida, são escolhas nutricionais feitas todos os dias, é superação dos limites do corpo a cada dia que passa, é vencer a barreira da dor e realizar aquela ultima repetição além do limite, aquela que faz toda a diferença e te leva rumo ao sinistro. É um esporte de medalhas em 11 Jogos regionais e internacionais, reconhecido oficialmente em mais de 100 Comitês Olímpicos Nacionais.

Existem duas federações principais, a IFBB (International Federation of Bodybuilding) e a NABBA (National Amateur´s Bodybuilding Association). Mais de 175 mil pessoas, aproximadamente, estão registradas no mundo como competidores amadores na IFBB. No Brasil, existem hoje 24 estados com federações filiadas, 2.700 atletas participantes de competições regionais por ano e um número estimado de 18.000 culturistas. O Paraná é um estados dos que mais possui atletas, que a cada ano aumentam seu nível nas competições.

No Paraná, a IFBB está iniciando seus passos este ano com apoio dos outros estados, e sua primeira competição será no próximo dia 14 de julho, na cidade de Cascavel. A NABBA se faz presente no estado desde 2003, e possui um expressivo número de atletas que competem a nível nacional.

Os critérios que definem um atleta campeão no culturismo são: volume muscular, definição, proporção, simetria estética e harmonia. Seguindo este critério, somente se aplicam alguns itens para as subdivisões de modalidades relacionadas ao culturismo. Existem categorias masculinas, femininas e algumas subdivisões.

Para a NABBA, as categorias e critérios são:

 

No masculino, existem 4 divisões no adulto:

– Class IV que possui atletas com até 1,59m de altura;

– Class III que é até 1,69m;

– Class II que é ate 1,79m;

– Cass I que é com atletas com altura acima de 1,79m.

Além das categorias sub juniors – que possuem atletas de até 17 anos – a júniors com atletas de idade inferior a 21 anos, a máster 40 com idade entre 40 a 50 anos, máster 50 com atletas de 50 a 60 anos, e máster 60 com atletas acima de 60 anos.

 

Nas categorias femininas existem as categorias toned, figure e physique.

– A toned e uma categoria nova que está conseguindo aumentar o publico feminino nas competições. No palco, a mulher que pratica musculação e leva uma dieta a sério, poderá mostrar sua bela forma sem a necessidade de um volume e definição de uma atleta figure. São avaliados curvas suaves e firmes, com pouco teor de gordura, beleza e simpatia.

– A categoria figure possui mulheres belas que cultivam hábitos saudáveis e a perfeição do corpo, com musculatura bem desenvolvida e grande definição, sem hipertrofia excessiva de uma atleta physique. A categoria existe desde 1986, quando as atletas começaram a ter uma hipertrofia mais exagerada. A NABBA internacional introduziu o Figure a fim de manter a figura atlética com feminilidade. Esta categoria possui uma subdivisão por altura, o figure I acima de 1,63m e o figure II até 1,63m.

– A categoria physique avalia volume muscular, simetria e definição.

 

Ainda falaremos muito sobre esse esporte e outros. Se inspirou? Bora treinar RUMO AO SINISTRO.